Image Map

20/08/2010

Christiane Torloni - Sempre Alerta

Matéria com Christiane Torloni, da Revista Tudo de Bom, do Jornal O DIA.
Matéria completa digitalizada !





CHRISTIANE TORLONI DEFENDE A PERUA QUE VIVE EM TI-TI-TI, DIZ QUE NÃO DÁ PARA SER RELAXADA E REVELA SUA DISCIPLINA COM O CORPO E APROFISSÃO . TEXTO JOÃO FERNANDO FOTO MARCIO MERCANTE

" As pessoas morrem de medo de dizer geriatra. Querem que eu diga, com mais de 50 anos, que tenho pediatra ?"

" Tenho calças que uso há 25 anos. Se eu não entrar, todos os alarmes são tocados"

" Depois dos 50, tem coisas que não dá para fazer sem aquecimento"





Fonte : Tudo de Bom in " O DIA". De prontidão . 15 de Agosto de 2010

Christiane Torloni abre o camarim para o Vídeo Show e mostra os bastidores do seu espetáculo A Loba de Ray-ban


Christiane Torloni que está em Cartaz com a peça A Loba de Ray-ban, no teatro Carlos Gomes, no Rio de Janeiro , abriu as portas do seu camarim para repórter Geovanna Tominaga, do Vídeo Show. A atriz mostrou um pouco dos bastidores do seu espetáculo e falou sobre sua preparação para entrar em cena e encarar o público. 'Tem uma troca de pele. É como a larva que vira borboleta', compara. 'Rezo muito, é preciso ter muita força e coragem. Acontece muita coisa entre você e o público', conta Torloni. Veja a matéria !


Cenas de Christiane Torloni na novela Ti ti ti : 14/08 Até 19/08

CENAS DO DIA 14/08 SÁBADO

CENA 47 : Magali sugere que Rebeca [Christiane Torloni] e Gino estão tendo um caso
Breno fica com ciúme.




CENA 48 : Rebeca [Christiane Torloni] preocupada com boatos na fábrica , evita Gino
Rebeca fica preocupada com os boatos que andam pela fábrica. Rebeca diz estar ocupada para não atender Gino



CENAS DO DIA 16/08 SEGUNDA-FEIRA

CENA 49 : Rebeca [Christiane Torloni] trata Gino mal
Breno fica feliz ao saber o que Rebeca fez com Gino . Magali desconfia que o empresário contou que Rebeca e Gino dançaram.



CENAS DO DIA 17/08 TERÇA-FEIRA

CENA 50 : Rebeca [Christiane Torloni] diz que não pode se misturar com os operários
Penha aconselha a patroa a conversar com Gino



CENAS DO DIA 18/08 QUARTA-FEIRA

CENA 51 : Rebeca [Christiane Torloni] fica intrigada com a filha e como Jorgito
Rebeca quer saber como Jorgito conseguiu dinheiro para ir à balada



CENAS DO DIA 19/08 QUINTA-FEIRA

CENA 52 : Jorgito conta a mãe Rebeca [Christiane Torloni] e irmã que Thaísa mudou radicalmente
Rebeca diz que a garota precisa de ajuda.



CENA 53 : Rebeca [Christiane Torloni] tenta conversar com Gino, mas ele se esquiva
Máquina dá defeito na fábrica; Rebeca diz que Breno deve ter mais atenção com a filha.Gino avisa sobre defeito



17/08/2010

Diga não à demolição do Teatro Adolpho Bloch!



A pedido de nossa querida Christiane Torloni, estamos iniciando aqui a campanha Diga não à demolição do Teatro Adolpho Bloch! Trata-se de um lindo teatro, um dos espaços culturais mais aconchegantes da cidade do Rio de Janeiro, que fica no saguão do prédio da antiga TV Manchete, na Glória. Foi nesse teatro que Christiane Torloni apresentou a peça Salomé, em 1997, ocasião em que ela reinaugurou o espaço, que estava a algum tempo inativo. Mais tarde, o mesmo palco foi usado para a encenação de Joana Dark, a Re-volta, outra montagem espetacular de nossa querida atriz!




Estão querendo acabar com este espaço cultural, para transformá-lo em estacionamento! Se já não bastasse os cinemas de rua estarem desaparecendo e dando lugar a templos religiosos, agora temos que enfrentar o fechamento de um teatro, que poderia ser usado para vários espetáculos culturais. A cultura e a educação em nosso país não são mesmo valorizadas. Temos que dar um basta nisso!

DIGA NÃO A DEMOLIÇÃO DO TEATRO ADOLPHO BLOCH!

15/08/2010

Um Coração Dividido entre o Teatro e a Televisão - Direto do Túnel do Tempo Star.




Ela vai reabrir o Teatro Adolfo Bloch


O coração de Christiane Torloni está dividido.Ela faz sucesso,em São Paulo,com a peça Joana Dark A Re-volta, em cartaz no Teatro Faap, mas não esquece a televisão.Está cotada para participar de Laços de Família, próxima novela global das 20h.Em julho, estréia o espetáculo no Rio e, gloriosa, reenaugura o Teatro Adolfo Bloch.Embora interprete uma mulher sofredora no palco, Christiane está em uma excelente fase pessoal.

"Tenho medo de falar nisso.Mas o momento é de paz e o coração está tranquilo", revela, batendo três vezes na madeira.

Torloni namora o diretor global Ignácio Coqueiro há quatro anos, mas por opção, ambos preferem morar em casas separadas.

"Ele tem três filhos adolescentes e eu tenho o Léo.É melhor mantermos a privacidade.Essa é uma forma de evitar que as disputas domésticas tumultuem a relação", ensina.


Baseada no texto da americana Carolyn Cage, traduzida e adaptada por Maria Adelaide Amaral e Rodrigo Amaral, a peça Joana Dark - A Re-volta narra os pesadelos da heroína francesa do século XV.

"O espetáculo fala da mulher inserida no mundo, da guerreira, da política e da igreja, três segmentos masculinos de poder. E faz uma ponte entre Joana e a mulher atual, mostrando que em 500 anos pouca coisa mudou", explica Christiane, que assina a produção e divide o palco com cinco atores - dançarinos.


A direção é de José Possi Neto.



ELA TAMBÉM É PRODUTORA.



"Achei que o tema iria tocar basicamente o coração das mulheres,ao contrário dos homens, que se sentiriam provocados.Mas a reação do público me surpreendeu, pois as pessoas de terceira idade gostam muito e os adolescentes adoram", constata.


Joana Dark fica em São Paulo até 25 de junho; em julho, segue para a temporada carioca.





Reportagem: Renato Savarese

Fotos: Orípedes Ribeiro.



Confira a matéria completa!























Matéria cedida por : Alinne Palgiarinni
Postado por: Patty Pagu

Christiane Torloni diz que não dá para ser relaxada . Atriz revela sua disciplina com o corpo e a profissão



POR JOÃO FERNANDO

Rio - Cheia de personagens com carros importados, roupas de grife e maridos ricos no currículo, Christiane Torloni ouviu críticas ao saber que faria a viúva milionária Rebeca, de ‘Ti-Ti-Ti’. “As pessoas diziam: ‘Ai, Christiane, você vai fazer outra perua?’. Existe uma classificação pejorativa de quem é rica e, aparentemente, não tem nenhuma utilidade, é uma perua inútil. Conheço mulheres incríveis com essa situação que são pessoas utilíssimas”, defende.

Apesar do histórico, Christiane foi escalada para ‘Ti-Ti-Ti’ — que recuperou a audiência do horário e se mantém com 31 pontos — depois que a autora da nova versão, Maria Adelaide Amaral, a viu no espetáculo ‘A Loba de Ray-Ban’, no qual ela está em cartaz no Teatro Carlos Gomes. Na peça, ela vive Julia, uma atriz que decide lavar a roupa suja com o ex e sua amante diante da plateia.


Mesmo sem ter participado da primeira versão da trama, escrita originalmente por Cassiano Gabus Mendes, ao entrar no estúdio para as primeiras sequências de ‘Ti-Ti-Ti’, Christiane se emocionou ao reviver lembranças de ‘A Gata Comeu’ (1985), * outra história assinada por ele, da qual ela integrou o elenco. “O Mauro Mendonça (que agora interpreta o empresário Giancarllo Villa) era o meu pai na novela. Outro dia, gravamos uma cena juntos e ficamos com os olhos cheios de lágrimas. Deu uma vontade de abraçá-lo e começar a chorar”, revela a atriz, emocionada.

Aos 35 anos de carreira, ela avalia que falta disciplina aos atores recém-chegados ao mercado. “Nas novas gerações, você tem uma questão disciplinar. E como diria a Laila, de ‘Um Anjo Caiu do Céu’, educar dá muitas rugas. Dá trabalho educar. Na TV, não sou patroa, sou colega. Mas onde produzo, de vez em quando a gente tem que puxar as cordas, existe uma coisa meio frouxa. As pessoas arriscam muito”, comenta.

No entanto, a atriz veterana evita dar pitacos sobre os deslizes dos calouros. “Você colabora muito na TV não se metendo numa produção que não é sua. Quem se mete, normalmente, atrapalha. Faço isso há 35 anos e sei bem como é. Então, me recolho à minha humilde posição de atriz contratada, calo a minha boca e não atrapalho. Já ajuda muito”, aconselha.

Seja com o trabalho, saúde e até compromissos com os amigos, disciplina é palavra constante em seu vocabulário. Segunda a própria, culpa dos anos de teatro. “Na entrada da Escola de Artes Dramáticas havia uma frase: ‘Teatro é duro’. E é duro mesmo, é como o exército. Se você vencer ali, vencerá em qualquer lugar”, sentencia. Para ela, o primeiro passo é se policiar, principalmente com os horários.

Você é o tutor, é o inspetor do colégio para dizer se você está atrasado. A vida não vai fazer isso não, vai perder o emprego. Detesto gente que larga o outro esperando. Disciplina é uma questão de educação. Não me custa ser assim, me custa não ser”, explica, dizendo que se cerca de gente tão disciplinada quanto ela.

Relaxar? Jamais!


Nem o visual escapa da severidade. Apesar de garantir que não tem obsessão pela beleza, não deixa de tomar nenhum cuidado. “Não tem nada muito relaxado em mim. A vida não é uma coisa relaxada, há momentos em que você relaxa”, pondera Christiane, que leva para todo canto doses de uma sopa preparada por uma nutricionista contratada especialmente para isso, que toma várias vezes ao dia, e sua garrafa de água assinada por um badalado designer francês — que já fez muita gente pensar que se tratava de vodca.

“É uma coisa de escoteiro, você leva o próprio equipamento. Se tiver que armar uma tenda, tem ali, dentro da bolsa”, brinca a atriz, que faz questão de estar sempre preparada para qualquer situação. “Tenho um amigo que é médium e a entidade que vem sempre diz que o importante é estar de prontidão”, relembra. Além disso, fica de olho na balança. “Tenho calças que uso há 25 anos. Se eu não entrar, todos os alarmes são tocados”, diverte-se.

Com 53 anos, a atriz confessa que a idade não é uma preocupação. “Óbvio que, depois dos 50, tem coisas que não dá para fazer sem aquecimento”, ri. “Se você se mantiver com saúde mentalmente para decorar o seu texto e fisicamente para andar sobre suas próprias pernas, está bom”, acredita ela, que causou espanto entre amigas quando foi ao médico para cuidar do corpo. “Não sou, nem se deve ser (relaxada com o envelhecimento). As pessoas morrem de medo de dizer geriatra. Querem que eu diga com mais de 50 anos que tenho pediatra?”, questiona.

Casada com o diretor de novelas da Record Ignácio Coqueiro, ela não deixa de conferir o que está rolando na concorrência. “Naturalmente, assisto. E não por causa do Ignácio. Assisto porque é um mercado que a gente tem que saber o que as pessoas estão fazendo, para o bem e para o mal. Também assisto à novela do SBT. Tem colegas que estão transitando, você quer ver o que está acontecendo”, conta, sem dar certeza de que aceitaria uma proposta para mudar de emissora.

“Por duas vezes, eu fui para a Manchete e fui muito feliz. Mas, se depender de mim, continuarei trabalhando lá (Globo)”, minimiza a atriz, mãe de Leonardo Carvalho, fruto da relação com Dennis Carvalho, e que estará na próxima novela de Gilberto Braga. Ao fazer um balanço de sua vida, Christiane Torloni reflete e conclui que manteve seu jeito de ser: “Outro dia, peguei uma entrevista que dei em 1975 e essa pessoa não se perdeu. Ela já tinha compromissos com o país em que ela nasceu, com o trabalho que ia fazer e fico feliz de não ter perdido meu norte. Posso ter entrado em desvios e atalhos, mas não me perdi de mim mesma”.

Fonte : O Dia

* Errata : A gata comeu foi assinada pela saudosa Ivani Ribeiro.

A cada produção, um novo look! Reveja os visuais de Christiane Torloni na TV

Atriz já teve cabelo liso, ondulado, curtinho, com franja... Confira!





Para viver a perua Melissa Cadore, em Caminho das Índias, Torloni cultivou os cabelos longos e com mechas. Em Ti-Ti-Ti, a atriz encurtou os fios para dar vida à empresária Rebecca Bianchi


Torloni com o visual à la anos 80, década em que A Gata Comeu foi exibida. Ao lado, o visual que virou moda: o cabelo curtinho de Dinah, em A Viagem.



Jovem ao fazer a novela Duas Vidas, Christiane tinha os cabelos repicados com franja. Ao lado, o cabelão da atriz em Selvade Pedra.





Dois visuais bem diferentes da atriz: em Elas por Elas, Christiane, novinha, usava os cabelos bem cheios. Já em Um Anjo Caiu do Céu, ela radicalizou: cortou as madeixas curtinhas. E ficou linda!




Dois momentos de Torloni, em Partido Alto, novela em que exibiu os cabelos à la 'As Panteras' e em A gata Comeu




Em Cara e Coroa, a atriz interpretou as gêmeas Fernanda e Vivi. Uma tinha o cabelo preto e comprido, e a outra, frisado e aloirado.

Fonte : VIDEO SHOW