Image Map

21/06/2012

Christiane Torloni, Marcos Palmeira e Malu Mader em discussão ambiental

Na noite desta quarta-feira (20) Marcos Palmeira abriu as portas de seu apartamento, no Rio de Janeiro para dirigentes do Greenpeace e atores militantes da causa ambiental, como Malu Mader e Christiane Torloni, segundo informações da coluna Radar Online.

Durante o encontro os convidados assistiram a uma palestra de Kumi Naidoo, diretor-executivo do Greenpeace e debateram sobre questões ecológicas como o Código Florestal.

Fonte: O Fuxico

Christiane Torloni gravará documentário sobre a Amazônia


Conhecida por sua militância ambiental e política, a atriz Christiane Torloni durante solenidade realizada pelo Governo do Acre, na última quarta-feira, 20, recebeu o prêmio Chico Mendes de Florestania (Foto: Gleilson Miranda/Secom)


Conhecida por sua militância ambiental e política, a atriz Christiane Torloni durante solenidade realizada pelo Governo do Acre, na última quarta-feira, 20, em que recebeu o prêmio Chico Mendes de Florestania, anunciou que gravará um documentário sobre a Amazônia.


A atriz foi a escolhida na categoria Iniciativa Nacional, a receber o prêmio criado para homenagear pessoas que se destacam na defesa do meio ambiente. A ocasião não podia ser melhor, e o senador Jorge Viana e a primeira-dama do Acre, Marlúcia Cândida, foram os responsáveis em homenagear a atriz, na ausência do governador Tião Viana, que participava da solenidade de abertura da Rio+20, com a presidente da República, Dilma Rousseff.
 
A cerimônia ocorreu no auditório do Espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, durante as comemorações do Dia do Acre. O amor da atriz pela região amazônica começou durante as gravações da minissérie “Amazônia - de Galvez a Chico Mendes", exibida pela TV Globo, e que se tornou “um divisor de águas em sua vida”.
O senador Jorge Viana e a primeira-dama do Acre, Marlúcia Cândida, foram os responsáveis em homenagear a atriz (Foto: Gleilson Miranda/Secom)
 
Junto com o ator Victor Fasano e com o apoio de personalidades do mundo artístico, ela conseguiu arrecadar 1,2 milhão de assinaturas em um abaixo-assinado de adesão à  "Carta aberta aos brasileiros sobre a devastação da Amazônia", escrito pelo também ator Juca de Oliveira e deu voz ao movimento “Amazônia para sempre”. 

Emocionada, Christiane Torloni declarou: “O Acre me devolveu uma sensação de brasilidade, pois foi um Estado que lutou para ser brasileiro. Era o último lugar que eu precisava ir para me sentir brasileira depois de conhecer boa parte da Amazônia. Este prêmio eu dividido com mais de um milhão de pessoas que assinaram nosso manifesto, com o Victor [Fasano] e o Juca [de Oliveira], que escreveu o texto. Muito obrigada”.

“O Acre me devolveu uma sensação de brasilidade, pois foi um Estado que lutou para ser brasileiro. Era o último lugar que eu precisava ir para me sentir brasileira depois de conhecer boa parte da Amazônia", disse a atriz Christiane Torloni (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

 A atriz anunciou que irá gravar o documentário que já tem nome, “Amazônia: da cidadania à florestania um despertar”, que contará a história da região por meio de depoimentos de pessoas do próprio lugar.

Christiane Torloni e Flávio Priscott


A atriz Christiane Torloni já voltou de viagem e passou pelo Espaço Priscott para dar uma repaginada no visual . Ontem, o hair stylist Flávio Priscott publicou uma  foto com a atriz no seu facebook e  uma mensagem carinhosa sobre o encontro com a Diva : 

 "UMA ENERGIA FANTÁSTICA,UMA HONRA ETERNA!"





Fonte : Facebook/Flávio Priscott

Christiane Torloni será uma Deusa no espetáculo “Teu corpo é meu texto”



 
Nos dias 16, 17 e 18 de julho, no teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, será encenado o espetáculo “Teu corpo é meu texto”, que terá a participação especial da atriz Christiane Torloni.
‘TEU CORPO É MEU TEXTO’ foi inspirado na criação da humanidade através da Arte. Em cena, Christiane Torloni personifica uma Deusa que invoca, através da dança, os homens a acordarem para o sonho no decorrer de uma noite em um jardim ancestral, onde a poesia transita livremente pelos corpos dos bailarinos. Em determinados momentos do espetáculo, a atriz diz textos do dramaturgo Eduardo Ruiz.
A direção coreográfica de Anselmo Zolla traz, num primeiro momento, seres amorfos, ainda nem homens nem mulheres, que vão se construindo aos olhos do público. No decorrer de suas humanizações percorrem os terrenos delicados das paixões, dos medos e do amor. Para isso o coreógrafo revisita o universo visceral dos boleros e, como no mundo dos sonhos tudo é possível, nos leva a uma engenhosa Caixa Humana, numa delicada alusão à dança clássica. A montagem reverencia os grandes nomes da dança.
A cenografia, inspirada nas obras de Hieronymus Bosch, apresenta um cenário predominantemente noturno. Releituras musicais de Felipe Venâncio moldam a trilha sonora e transitam entre o clássico e contemporâneo, com obras de Bach, Ravel, Pergolesi, Tchaikovsky, Stravinsky e os boleros de Pink Martini. ‘TEU CORPO É MEU TEXTO’ homenageia a Arte como forma de perpetuação do sonho humano e por isso, nesta montagem, o diretor José Possi Neto utiliza não só da poesia física, mas também da poesia falada.

                          Os ingressos já estão disponíveis pelo site Ingresso Rápido! CLIQUE AQUI e adquira o seu!

20/06/2012

No Dia do Acre na Rio+20, atriz Christiane Torloni recebe o Premio Chico Mendes de Florestania 2011

Nesta quarta-feira, 20, Christiane Torloni, no evento comemorativo 'Dia do Acre" na Rio+20, o Prêmio Chico Mendes de Florestania, com o qual foi contemplada em 2011.

O prêmio foi um reconhecimento por seu ativismo ecológico e esforço de engajamento e conscientização da população com a criação do movimento Amazônia para Sempre.

Ao receber o prêmio, Christiane declarou: "Visitando o Xapuri, o seringal Cachoeiro, estando com as pessoas daquela terra, fui arrebatada por essa humanidade, essa doçura, esse desejo de ser brasileiro do povo do Acre. Foi quando eu realmente tive certeza de que sou brasileira. Essa certeza, foi o Acre que me deu".

Christiane Torloni com a primeira-dama do Acre, Marlúcia Cândida