Image Map

25/06/2012

Christiane Torloni Um das dez mais e com muito orgulho


Uma homenagem a Sérgio Porto traz de volta as certinhas do Lalau : Christiane Torloni conta como aceitou ser um das certinhas, e porque isso não modifica suas ideias contra a imagem de mulher-objeto


 Christiane Torloni é uma atriz. E, como tal, está sempre disposta a enfrentar um bom papel. Mas se ela se sente tranquila apresentando programas na televisão e participando de telenovelas, o mesmo não aconteceu quando precisou assumir a indicação como uma das certinhas de 1978. “ Eu me senti tão estranha … Porque realmente é um negócio vedete, sabe ? Você só tem pela frente caras, traseiros, peitos, plumas, tanta coisa ...Aí eu pensei, naquele instante, que não sabia fazer aquilo. A ideia do programa em homenagem aos 10 anos da morte de Sérgio Porto era genial, mas eu tinha dificuldades reais de posar de vedete. Baixou aquela timidez em mim. Mas devo ter-me defendido bem, porque o programa foi ao ar. Não me proponho a ser certinha, nem ser novo símbolo sexual brasileiro. Mas isso é uma coisa nova, que não se choca com o que penso. Pelo menos não atenta contra os meus princípios profissionais básicos. Mas é que as pessoas olham para mim, sabem das minhas opiniões,e ficam me achando meio pudica. E muita gente se surpreendeu com as minhas fotos de certinha. Porque, de repente, você está de maiô, meia arrastão, sandália, fazendo milhões de poses e brincadeiras. Foi muito divertido mesmo, mas não quero que ninguém pense que, por causa desse título, estou me achando uma mulher linda, fatal. Sérgio escolheu as certinhas do Lalau dentro de um espírito muito brincalhão e sem qualquer cunho pejorativo. Seria muito bom que as certinhas fossem vistas da mesma forma. Pessoas que têm valor para mostrar, e não apenas um rosto ou corpo bonito”.


 


Fonte : Fatos e Fotos Gente , 27 de março de 1978 – nº 866 – Ano XVI


Nenhum comentário: