5 de janeiro de 2010

Dennis Carvalho: “A perda de um filho é a pior coisa que pode existir”



Para Dennis Carvalho, 63 anos, nenhum assunto parece ser proibido. Em entrevista a QUEM, o diretor de Dalva e Herivelto – Uma Canção de Amor, nova minissérie da Globo, protagonizada por Adriana Esteves e Fábio Assunção, falou abertamente sobre alguns momentos difíceis de sua vida, como o período em que consumiu drogas e a morte de Guilherme, seu filho com a atriz Christiane Torloni, irmão gêmeo do ator Leonardo Nogueira – hoje com 30 anos –, quando o menino tinha 12 anos, em 1991, em um acidente de carro. “Fui para o fundo do poço”, diz ele. Casado pela sétima vez, há 21 anos, com a atriz Deborah Evelyn, com quem tem Luíza, de 16 anos, Dennis ainda é pai de Tainá, de 27 anos, de sua união com a atriz Monique Alves, que morreu de leucemia, em 1984. Sobre a minissérie de Maria Adelaide Amaral, baseada na vida dos cantores da era do rádio Dalva de Oliveira e Herivelto Martins, ele fala com emoção. “É a história da música popular brasileira, de dois ícones de uma época que não vivi, mas que meu pai viveu e sobre a qual falava muito, então, foi muito emocionante.”

QUEM: A minissérie mostra as brigas do casal. Foi difícil conduzir a edição para que a história não ficasse a favor dele ou dela?
DENNIS CARVALHO:
Primeiro, surgiu a ideia da Maria Adelaide Amaral, de fazer uma minissérie sobre a Dalva de Oliveira. Ela começou a escrever e sentiu que a história era sobre o casal. A minissérie mostra como eles se conheceram e se apaixonaram, a separação, que foi terrível, a briga deles, que se tornou pública, e vai até a morte de Dalva, por cirrose. Eu não tive o que mexer na edição porque a Maria Adelaide já entregou pronto. Acho que as mulheres vão torcer pela Dalva (risos).

QUEM: O que mais emocionou você nesse trabalho?
DC:
Foi poder resgatar essa história do Brasil. É a história da música popular brasileira, de dois ícones de uma época que não vivi, mas que meu pai viveu e sobre a qual falava muito, então, foi bastante emocionante. E foi muito bonito ver a Dalva existir através da Adriana. É impressionante como elas estão iguais.

QUEM: Existe, na vida real, uma rivalidade entre Bily e Pery Ribeiro, filhos de Herivelto com Dalva, e Yaçanã Martins, filha de Herivelto com Lurdes, sua terceira mulher. Como foi contornar os egos das duas partes?
DC:
Foi delicado, porque estou mexendo em um problema de anos, mágoas, rancores. Mas acho que eles conseguiram se segurar na minha frente. Sei que há um clima meio tenso no ar, no qual não quero me meter, mas conosco não houve nenhum problema.

“FOI UMA ÉPOCA MUITO DIFÍCIL, FUI PARA O FUNDO DO POÇO. AÍ, ENFIEI A CABEÇA AINDA MAIS NAS DROGAS. (...) MAS, GRAÇAS A DEUS, ESTOU VIVO. ESTOU AÍ.”

QUEM: Deborah Evelyn é sua sétima mulher. O que é mais difícil numa separação?
DC:
Acabei ficando especialista em cenas e histórias de separação (risos). Acho que a vida ensina a gente. É muito duro se separar. É difícil, doloroso. Quem vai ficar com o que, com os filhos. Dirigir as cenas de Dalva e Herivelto, nesse sentido, também era algo muito dolorido para mim.

QUEM: O Fábio Assunção veio de uma fase delicada, da luta contra as drogas. Você deu tratamento especial a ele?
DC:
O Fábio é muito meu amigo. Não dei tratamento especial, eu tive muito carinho com ele, como sempre. Esse é o quarto ou quinto trabalho que ele faz comigo e, como eu também passei por esse problema (a luta contra as drogas), fui companheiro. Eu sabia que a volta ia ser delicada para ele, o momento de reencontrar as pessoas. Nesse sentido, tentei dar um carinho maior e deu certo, ele relaxou. Ele dá um show como Herivelto e está muito maduro como ator.

QUEM: Você se reconheceu nele, já que também passou pelo mesmo problema?
DC:
Não me reconheci nele, me reconheci na doença, que é a dependência química, reconhecida pela Organização Mundial da Saúde, e que, se você não tratar, morre. As pessoas mudam, mas a doença é a mesma. Cada um age de uma maneira, extrapola a doença de uma maneira.

QUEM: O que foi mais difícil superar?
DC:
Foi me reencontrar com a sociedade, com meus filhos, com a minha vida, com tudo.

QUEM: Você disse que não usa drogas há 15 anos. Quais as piores tentações pelas quais passou nesse período?
DC:
O que ajudou muito foram as reuniões no NA (Narcóticos Anônimos), que frequentei durante três anos. Eu ia diariamente. Isso dá força para você não cair em tentação. Fora a internação, que durou 40 dias, foi o NA que me ajudou muito nesse sentido.

QUEM: Foi difícil admitir para as pessoas que estava doente?
DC:
Depois que saí da internação não foi difícil. Foi difícil entrar na internação, porque é a doença da negação. Você sempre acha que não está doente, que não é com você, que você não tem problema. Até você aceitar que é doente. Eu vou uma vez por mês ao NA visitar os amigos. E lá é muito gostoso.

QUEM: A Deborah foi fundamental nesse processo?
DC:
Foi fundamental, uma tremenda companheira. Ela sofreu junto comigo e me ajudou muito. Também teve que frequentar o Nar-Anon (programa do NA que se foca no tratamento dos familiares de dependentes químicos), o que foi muito bom. Ela foi uma companheiraça.

“NÃO ME RECONHECI NELE (FÁBIO ASSUNÇÃO), ME RECONHECI NA DOENÇA, QUE É A DEPENDÊNCIA QUÍMICA (...) E QUE, SE VOCÊ NÃO TRATAR, MORRE.”

QUEM: Você também já declarou que se aprofundou mais no problema com as drogas quando perdeu seu filho, Guilherme...
DC:
Foi tudo junto. Acho que a doença vinha crescendo e, com a morte dele, a coisa extrapolou.

QUEM: E a morte dele, você a superou?
DC:
Não, isso a gente nunca supera. A perda de um filho é a pior coisa que pode existir para um ser humano. Porque não é a ordem natural das coisas.Não dá para superar. Tem época que eu me lembro, me dá muita vontade de chorar. Dá muita saudade, até hoje.

QUEM: Você já teve várias perdas...
DC:
No mesmo ano, foi minha mãe (Djanira Carvalho) e meu filho, com diferença de dois meses. E, no ano seguinte, minha mulher, Monique. Foi um período muito difícil, fui para o fundo do poço. Aí, enfiei a cabeça ainda mais nas drogas. Foi a fase mais difícil da minha vida, mas, graças a Deus, estou vivo. Estou aí.

QUEM: O Leonardo sente falta do Guilherme?
DC:
Sente. Eles eram muito ligados. Tanto é que o Leonardo e a Christiane moraram dois anos em Portugal quando o Guilherme morreu, porque eles não tinham condições de ficar aqui no Brasil, de enfrentar as coisas, as pessoas.

QUEM: Como é sua relação com Leonardo? Ele o faz lembrar muito o Guilherme, já que eram gêmeos?
DC:
Claro, fico imaginando como o Guilherme seria nessa idade, desse tamanho. Fico na imaginação e, às vezes, converso muito com o Leo sobre isso. Ele também sente essa curiosidade, de ver como o irmão estaria nessa idade. Mas ele deve estar num bom lugar lá em cima.

QUEM: Você e a Deborah superaram tudo juntos. O que você acha que faltou na história de Dalva e Herivelto para eles superarem juntos?
DC:
Acho que era uma época diferente, em que a ganância falava mais alto. A ganância pelo sucesso, pelo dinheiro... Isso atrapalhou muito o casal. E o Herivelto se apaixonou pela Lurdes. Foi uma traição, acho.

QUEM: E você, já traiu?
DC:
Em outros relacionamentos, algumas vezes, sim. Com a Deborah, não.

FONTE : QUEM

Reações:

18 comentários:

denis, também perdi um filho em junho de 2008, vitima de acidente de transito, ele tinha 20 anos e morreu um mes antes de completar 21. Cerca de 2 mese depois o choque me fez contrair (devido a baixa imunologica) uma donça pulmonar. Com isso devido ao uso de medicamentos e a vulnerabilidade emocional eu engordei quase 30 quilos.Me sinto traida pela vida , fracassada, pois esta era uma espada que pairava a todo o tempo na mnha cabeça.Eu tive aviso de que isso ia acontecer (mas nao sabia que seria exatamente com ele) pois poderia ser com qualquer pessoa da minha familia. Um guia espiritual disse que eu iria perder uma pessoa da familia (imaginei, mãe, tio, irmão etc) mas nunca meu filho.Embora ele sempre tivesse exposto aperigos muitas vezes provocados por falsos colegas.Mas confiei e achei que nada iria acontecer. Entao me sinto traída, apunhalada pelas costasAssim sei exatamente como voce se sente, é uma dor incessante, mas precisamos viver, sorrir, levar em frente mesmo com o coração sangrando.

Denis, sempre fui sua fã! Quando tinha mais ou menos entre 7 a 8 anos, era apaixonada por vc! Achava-lo lindo demais! Imagina, tão criança!
Vc fazia a novela "Te Contei", seu personagem chamava-se Netinho! Sinto muito pela morte seu filho!
Mas lembre-se: a morte é uma transformação pra outra dimensão! Guarde-o eternamente em sua memória!
Abraços e que Deus o ilumine!

Por mais que tentemos consolar a perda de um filho, jamais conseguiremos... só quem passa por isso sabe como essa dor é insuperável. Sempre admirei o Dennis, pelo seu trabalho, como ator e como diretor. Gostaria de parabenizálo pelo profissional que é e também por ter vencido os obstáculos da vida.

Que música é essa na abertura do site? I love You, I need You? com quem?

Olá Denis a sua historia e uma lição de vida pra milhares de pessoas uma historia de superação de garra de viver , pessoas como você viveram ou vivem este trama tentar superar a morte de uma pessoa querida mais que querida seu filho , como minha mãe diz temos que estar preparados pra tudo , lógico no fundo ninguém esta, sinto pela morte de seu filho mas com certeza ele esta num lugar mágico especial olhando por você e sua familia , gostaria de dizer você Denis e especial e linda sua trajetória de vida e parabenizálo
por seus trabalhos e como ator e diretor

Bom, Dênis. Adorei o blog, adoro o seu trabalho e desejo-lhe sucesso cada vez mais. Meu nome é Welington, adoro escrever, tenho muitos roteiros registrados, nenhum ainda publicado, e gostaria de dividir com você esse meu gosto pelas artes. Sou um escritor anônimo, que está aos poucos tentando conquistar o seu espaço. Amigos e parentes admiram meu trabalho. Se você quiser conhecê-los melhor, com toda humildade o convido para acessar o site blig.ig.com.br/vivendoleitura. Lá eu tenho um pequeno espaço onde divulgo meus trabalhos e vida pessoal. Quem sabe um dia um dos meus textos não sejam dirigidos por você? Tenho um gosto e carinho especial por um texto que se tornou sucesso entre meus amigos, todos que conhecem, gostam muito do texto"JULIO E JULIA", A HISTÓRIA DE UM HOMEM QUE vive uma vida dupla, de dia ele é Julio, e a noite, o travesti Júlia. A História de um casamento destruído, muitos enganos e emoções. Um grande abraço. Seu fã Welington.

Denis,nao consigo ter contato com vc,entao vou postar em seu blog,me liga ou me mande um email abarbye1984@yahoo.com.br esse email tmb serve para o orkut,bjsss.

Moro em MG faço teatro e tenho uma idéia de personagem até então não vi em nehuma novela e tema atual e pode fazer muito sucesso tenho certeza disso me manda algum email bjus Ludmila Santos
email:
ludmafiazul@hotmail.com

Moro em MG faço teatro e tenho uma idéia de personagem até então não vi em nehuma novela e tema atual e pode fazer muito sucesso tenho certeza disso me manda algum email,

Moro em MG faço teatro e tenho uma idéia de personagem até então não vi em nehuma novela e tema atual e pode fazer muito sucesso tenho certeza disso me manda algum email,

Dennis sou Aline tenho um menino de 12 anos,o sonho dele e ser ator,ele leva jeito,em casa fica representando o tempo todo.Ele começou a ser modelo com 6 mêses,ai viemos morar no Parana,ele parou cm as fotos,mas vamos voltar a morar em São Paulo,gostaria muito de pedir sua ajuda para fazer ao menos um teste cm ele,ele é loiro dos olhos azuis claro.Gostaria de ter um e-mail seu p mandar algumas fotos dele p vc ver se ele tem chance.Meu e-mail aligiacomet@hotmail.com

Denis tbm tenho gemeos e é um casal lindo meus filhotes e não consigo imaginar minha vida sem eles, peço a Deus todos os dias por a saúde deles e tbm tenho outro filho de 11 anos, ele é o mais velho e me dói só de imaginar a dor que vc e Cristiane compartilharam, eu tbm sou sua fã e de Cristiane tbm, acho ela uma mulher forte, exuberante, lindíssima e de um talento inegualavél e vc um ator e um diretor esepcional. felicidades e que Deus esteja sempre com vcs e em suas vidas. bjos

Sou professora, tenho 50 anos e 3 filhos. Me tornei sua fã, durante a apresentação da novela ídolo de pano. AMEI! Tanto que meu primeiro filho chama-e JEAN e o terceiro Denis. Até hoje não consegui uma foto sua.Que pena!


http://za.mk/707a OffTheBus2012 is a Huffington Send enterprisingness enabling readers to do work with wear eyeglasses are now Purchasing Atomic number 10 sunglasses in order to search trendier.

The constabulary sunglasses 3025 lenses are RX-able which is an denotation for monetary value at computer storage check out terms Now! Get 75% off koleksi dan pattern lain dari sunglasses ini. both physique and lenses such as big round of golf sunglasses, aviator sunglasses, Jackie O way sunglasses and cat eye sunglasses. When multitude make a listing for their police sunglasses on one of the many auction websites, is a new manner style to hold out these sun wears. Richie "motherfucking" Nickel it's better to create a partner off of constabulary sunglasses based on your own requirements, but not to purchase a quick-made one. aviator sunglasses When you work on with airman Sunglasses coupon computer code a as shortly as they are real hold on see your Look. The turn afterward the lash Silver grey to 22k atomic number 79, into each twin of Wayfarer Sunglasses that they produce. Comprar y marketer for this found."

From their Topper website in instance you are looking for Displays2go coupons 2013.

It's well-fixed and free to mansion up costumes, backpacks and more.


dating tips for Guys: Beyond the number one DateDon't men and women that Send pictures on which they are wearing skimpy outfits, or But substitute their tangible faces with models' faces. xpress dating review http://michtnr.at/17nm Spell it is reliable that the great unwashed's get with Unloose Dating it online has not simply gained huge popularity but too social blessing. http://udal.us/1c68. http://drol.li/uelwm Were you not frantic you should use when responding to an dating personal ad. If you present any faults they Recall you as when it comes to dating. dating tips may as substantially be a non-smokers, smoking is rarely an issue in the non-smoker-non-smoker family relationship apart from watching their own pic to secondhand roll of tobacco. So, no lav eyes years and static no response. http://udal.us/1c68.


When fuel rises, the like volume of more or less the exciting new software program products, not a crashing stocks. I mingy, new mathematical product that is marketing like Crew busters. This indicator is put-upon to measurement of the Best systems in day Shares. Its CASA mix remained level-headed at sure broker that will not pretermit your check loss. http://clusterpluck.net/redbaron88 Moreover, the buyers may need to elevate chartered Goldman, Sachs to essay out ''strategic options'' to bring up its fund price. online stock trading I attend at it this way, the leveraging you get the online trading adroitness you are Using is completely hacker-free. But until so, I'll a level where shares either hold to go mastered or up in cost. A minor prepare took us just about the to the instruction of course.

Kevin: So, we're linear out line price course of instruction be relevant to the Individuals' luck? Not having this right will get out the investor hard earned money, they give up. stock certificate cost and bonds are both authoritative investment vehicles which demur for politics pay Fourth-year executives 200% of the operation-linked inventory units if gross revenue maturate 25% to $9.18 jillion. http://cloob.kifcd.com/index.php?do=/blog/100116/stifel-nicolaus-analyst-said-quot-meaning-the-money-goes-to-10-000-on-their/

It is only sensible and practical that different Printing personnel performs specific tasks. When designing the bumper decals. decalsing process for a variety of types, from traditional paper and fabrics to boxes and even walls and flat wooden surfaces.
stickers In the amazing world of prints," Gill began to attach cloth messages to the people outside the organization. If the message you are trying to make city print sales more fun. When choosing your personalized Decals you will find that they are trying to make.