Image Map

15/08/2010

Um Coração Dividido entre o Teatro e a Televisão - Direto do Túnel do Tempo Star.




Ela vai reabrir o Teatro Adolfo Bloch


O coração de Christiane Torloni está dividido.Ela faz sucesso,em São Paulo,com a peça Joana Dark A Re-volta, em cartaz no Teatro Faap, mas não esquece a televisão.Está cotada para participar de Laços de Família, próxima novela global das 20h.Em julho, estréia o espetáculo no Rio e, gloriosa, reenaugura o Teatro Adolfo Bloch.Embora interprete uma mulher sofredora no palco, Christiane está em uma excelente fase pessoal.

"Tenho medo de falar nisso.Mas o momento é de paz e o coração está tranquilo", revela, batendo três vezes na madeira.

Torloni namora o diretor global Ignácio Coqueiro há quatro anos, mas por opção, ambos preferem morar em casas separadas.

"Ele tem três filhos adolescentes e eu tenho o Léo.É melhor mantermos a privacidade.Essa é uma forma de evitar que as disputas domésticas tumultuem a relação", ensina.


Baseada no texto da americana Carolyn Cage, traduzida e adaptada por Maria Adelaide Amaral e Rodrigo Amaral, a peça Joana Dark - A Re-volta narra os pesadelos da heroína francesa do século XV.

"O espetáculo fala da mulher inserida no mundo, da guerreira, da política e da igreja, três segmentos masculinos de poder. E faz uma ponte entre Joana e a mulher atual, mostrando que em 500 anos pouca coisa mudou", explica Christiane, que assina a produção e divide o palco com cinco atores - dançarinos.


A direção é de José Possi Neto.



ELA TAMBÉM É PRODUTORA.



"Achei que o tema iria tocar basicamente o coração das mulheres,ao contrário dos homens, que se sentiriam provocados.Mas a reação do público me surpreendeu, pois as pessoas de terceira idade gostam muito e os adolescentes adoram", constata.


Joana Dark fica em São Paulo até 25 de junho; em julho, segue para a temporada carioca.





Reportagem: Renato Savarese

Fotos: Orípedes Ribeiro.



Confira a matéria completa!























Matéria cedida por : Alinne Palgiarinni
Postado por: Patty Pagu

Nenhum comentário: