Image Map

06/11/2011

Christiane Torloni não conhece o segredo de Tereza Cristina: 'O Wolf sabe e me tortura'

Tereza Cristina é rica e bem-nascida, e mesmo assim, vive fazendo escândalos. Adora cuidar da vida dos outros, mas tem um segredo que a faz cometer loucuras. Apesar de tantas contradições, para Christiane Torloni, a vilã de Fina Estampa é transparente: “Ela se expõe de uma maneira cristalina. Ela não tem papas na língua. O que ela está pensando? Ela diz. Do que ela vai xingar o outro? Ela fala”.


“Tenho muito cuidado para nunca fazer julgamento de personagem porque eu acho que isso atrapalha muito. Você tem que ir na verdade dele e pronto”, conta a atriz, que ignora os defeitos da socialite para poder interpretá-la. “A Tereza Cristina tem uma afetação que faz parte da personalidade dela, mas também tem um pé na humanidade”, acredita.


Apesar da transparência, a perua guarda um segredo que a levou à condição de assassina. “Essa mulher tem um trauma que a gente não sabe qual é e eu tenho que convencer todo mundo que, por causa disso, ela faz as loucuras que faz”, conta a atriz, que também desconhece o mistério da personagem. “O Aguinaldo [Silva, autor da novela] não contou para mim. O Wolf [Maya, diretor de núcleo] sabe e me tortura”, revela.


Christiane não tem palpites sobre o mistério que a personagem esconde. “O autor não deu nenhuma dica em texto ou rubrica em que eu pudesse me apoiar”, justifica.


Enquanto o segredo não é revelado, Tereza Cristina vai tentando calar os que ficam sabendo de seu passado. Assim foi com o mafioso, empurrado escada abaixo por ela. A cena acabou com uma referência a outra vilã de Aguinaldo Silva: Nazaré Tedesco, personagem de Renata Sorrah em Senhora do Destino. “Achei um golpe de mestre. Quando eu vi o texto, eu gritei: gênio, gênio!”, revela a atriz.


O humor da personagem se encaixa com as tiradas e os apelidos dados a ela pelo mordomo Crô (Marcelo Serrado), casal que Christiane chama de dupla sertaneja. “Adoro os apelidos. Outro golpe de mestre. O Marcelo está fazendo muito bem. Falar aquilo com naturalidade, como se tivesse dizendo ‘meu docinho de coco’, é tão difícil. Ele conseguiu uma naturalidade com aquilo que é maravilhoso!”, elogia.


Se Crô a diverte, os filhos de Tereza Cristina são sua maior preocupação. “Ela é uma águia, não abandona a cria”, acredita a atriz, que defende as atitudes da madame em relação a Patrícia (Adriana Birolli) e Antenor (Caio Castro). “Com alguém que faz aquilo que o Antenor fez, de mentir daquele jeito, eu protegeria meu filho também. Se ele estivesse ligado com uma pessoa dessas, eu faria a mesma coisa”, assume.


Diante da informação de que Tereza Cristina cometerá um segundo assassinato, Christiane acha melhor ter cautela. “A gente não sabe se foi o primeiro”, questiona. “Tem muita gente que ela tem vontade de matar, mas a sensação que eu tenho é que não vai ser nenhuma dessas pessoas que a gente imagina”, opina.


Loucuras, assassinatos, escândalos. De Tereza Cristina, pode-se esperar tudo. Mesmo assim, a atriz ameniza as atitudes da personagem da ficção ao compará-la à realidade: “Você abre o jornal e diz: Ah, que mulher light que ela é".



3 comentários:

Cristina Oliveira disse...

christiane Torloni primeiramente quero dar meus Parabéns pela sua simpatia no domingão do Fautão ,e o respeito pela personagem Tereza Cristina.Você realmente 33 anos de careira é uma talentosa de primeiro lugar muitos sucesssos na novela e que cada sena você se recopere com talento como você tem de sobra felicidades sou sua fâ beijos cristina.

Jane disse...

Que coisa mais linda e fofa essa mulher no Faustão!!! Quanta naturalidade e simpatia dessa maravilhosa atriz!!!! Chris vc é incomparável... Se eu já era sua fã, hj me tornei mais ainda. Vc é linda demais bebê!!!! Parabéns por ser essa atriz tão talentosa e competente que vc é. Vc é um presente para a dramaturgia brasileira e pra nós tbm é claro. Vc não é atriz, vc é A ATRIZ!!!! Bjksssss Rainha do Nilo!!!!!

Carla disse...

Lindaaaaaaaaa!!!!!!! Glamourosaaaaaa!!!!! Essa mulher arrebentou mesmo no Faustão.