Image Map

14/12/2008

Christiane Torloni e outros artistas pedem apoio a Chinaglia sobre projeto de meia-entrada

Classe artística reivindica aumento do orçamento do Ministério da Cultura e pede apoio ao Projeto de Lei que regulariza o ingresso de meia-entrada em eventos culturais


Christiane Torloni e outros artistas como Júlia Lemmertz, Irene Ravache, Marcelo Serrado, Heloísa Perissé, Beth Carvalho e Odilon Wagner se reuniram terça feira ( 9/12), com o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia . Eles foram pedir apoio ao projeto de lei do Senado que prevê cotas para a venda de meia-entrada em eventos culturais. O projeto será encaminhado para a Câmara somente após concluir sua tramitação no Senado.


Os artistas acompanharam a votação do PL 188 ( Projeto de Lei nº 188) , que foi aprovado pela Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado Federal, reuniram-se com o colégio de líderes, o presidente da Câmara dos Deputados, Arlindo Chinaglia, e o senador Delcídio Amaral (PT-MS). A matéria ainda precisa passar pela Câmara dos Deputados antes de virar lei. Ficou decidido entre os parlamentares e artistas que o PL deve ser votado ainda este ano, antes do recesso parlamentar, dia 18 de dezembro.
Os artistas declaram que cerca de 98% dos eventos culturais são pagos por ingressos de meia-entrada. Segundo a atriz Heloísa Perissé, “em um evento de 1.500 pessoas no teatro tivemos apenas três ingressos inteiros. É complicado manter uma produção com grandes gastos tendo um evento inteiro com entrada no valor de meias-entradas”.
A atriz Christiane Torloni falou do acordo entre os produtores culturais, artistas, parlamentares e União Nacional dos Estudantes (UNE). “Conseguimos aprovar a questão da regulamentação das emissões das carteiras de estudante e a cota de 40% para meia-entrada, seja ela de estudante ou de idosos, no Senado Federal e que agora vai para a Câmara dos Deputados. Nós somos o único setor sem contas e com isso estamos tendo prejuízos há mais de duas décadas”.

Fonte : Correio Braziliense, Ministério da Cultura

Em tempo : CHRISTIANE TORLONI E GRABIELA DUARTE SE AJOELHAM




No dia 25 de novembro , Os artistas prevaleceram sobre os estudantes numa sessão realizada na Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senado.Foi a voto um projeto que limita a venda de ingressos pela metade do preço a 40% do total de assentos oferecidos ao público em salas de cinema e de espetáculo.Uma comitiva de estudantes deblaterava contra a proposta. Um grupo de atores defendia enfaticamente a aprovação.
As atrizes Christiane Torloni e Gabriela Duarte protagonizaram um gesto extremo: ajoelharam-se ao lado de Pedro Simon (PMDB-RS).Decano do Senado, Simon realçou o inusitado da cena: "Em 80 anos, nunca vi isso na minha vida: artistas e estudantes em lados opostos. Não sei o que fazer".Levada à sorte do voto, a cota de 40% para a meia-estrada foi aprovada por 14 votos contra sete. Vale para cinema, teatro, circo, museus, parques e eventos educativos e esportivos.A votação ocorreu em caráter terminativo. Significa dizer que, a menos que algum senador apresente recurso, o projeto vai direto para a Câmara.Alinhado com os estudantes, o senador Ignácio Arruda (PCdoB-CE) apressou-se em informar que vai protocolar um recurso.Arruda deseja submeter o projeto à deliberação do plenário do Senado. A despeito disso, os artistas festejaram a decisão da comissão.

Fonte : Folha online_Josias de Souza

Um comentário:

Lorena ;) disse...

Ain, que massa isso!
Eu vi no domingo, rapidoo no Jornal da TV Camara; pena que so pequeei o fim.Ma ela ta linda!
;*